INDÍGENAS DO SERTÃO PERNAMBUCANO: AS ESCOLAS FORMAIS

  • Eduardo Barbosa Vergolino Instituto Federal do Sertão Pernambucano – Campus Floresta
  • Wagner Pinheiro Instituto Federal do Sertão Pernambucano – Campus Floresta
  • Christoph de Freitas Santos
  • Yulle Gustavo Siqueira de Lima

Resumo

O presente trabalho busca apresentar de forma ainda que sucinta a problemática da educação indígena na região do Sertão pernambucano, especificamente na Microrregião de Itaparica. Pernambuco possui uma das maiores concentrações de povos indígenas do Brasil e assim como na maioria dos povos, possui diversos problemas no que tange a educação. Neste trabalho buscou-se apresentar, primeiramente, um pequeno esboço dos problemas históricos enfrentados pelos povos da região. E no segundo momento, apresentar um pouco do perfil das escolas e das políticas públicas relacionadas às mesmas. A falta de incentivo para qualificação profissional dos docentes e a infraestrutura ainda muito precária se apresentam como possíveis causas de uma educação indígena com pouca expressividade na região.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##
PROFESSOR EFETIVO DO IFSERTÃO
##submission.authorWithAffiliation##
PROFESSOR EFETIVO DO IFSERTÃO
Christoph de Freitas Santos
Aluno bolsista PIBIC.
Yulle Gustavo Siqueira de Lima
Aluno bolsista PIBIC.

Referências

ABREU, João Capistrano de. Caminhos antigos e povoamento do brasil. 4. ed. Rio de janeiro: Civilização Brasileira, 1975.
______. Capítulos de história colonial: (1500-1800). 5. ed. rev. e anot. Rio de Janeiro: INL, 1969.
BASTIDE, Roger. Antropologia aplicada. São Paulo: Perspectiva, 1979.
COSTA, Angyone. Indiologia. Rio de janeiro: Laemmert, 1943.
GOVERNO DE PERNAMBUCO. Educação Escolar Indígena. Caderno da Formação Continuada de Professores Indígenas 2011: Secretaria de Educação, 2011.
GRUPIONI, Luís Donisete Benzi (Org.). As leis e a educação escolar indígena: programa parâmetros em ação de educação escolar indígena. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Fundamental, 2001.
______ . Quem são, quantos são e onde estão os povos indígenas e suas escolas no Brasil?. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Fundamental, 2002.
INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DE PERNAMBUCO. As comunidades indígenas de Pernambuco. Recife: CONDEPE, 1981.
LUNA, Luiz. Resistência do índio à dominação do Brasil. Rio de Janeiro: ed. Leitura, 19--.
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Referencial curricular nacional para as escolas indígenas, Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade. Brasília: MEC/SECAD, 2005.
PUNTONI, Pedro. A guerra dos bárbaros: povos indígenas e a colonização do sertão nordeste do Brasil 1650-1720. São Paulo: Hucitec: Fapesp, 2002.
RIBIRO, Darcy, 1922-1997. O povo brasileiro: a formação e o sentido do Brasil . 2. ed., 12. reimpr. -. São Paulo: Companhia das Letras, 1998
Publicado
2016-06-02
Como Citar
VERGOLINO, Eduardo Barbosa et al. INDÍGENAS DO SERTÃO PERNAMBUCANO: AS ESCOLAS FORMAIS. Educação, Tecnologia e Cultura - E.T.C., [S.l.], n. 13, jun. 2016. ISSN 2525-3859. Disponível em: <http://www.publicacoes.ifba.edu.br/index.php/etc/article/view/29>. Acesso em: 05 dez. 2020.